Sabe aquele produto em que o preço tá bom, mas ainda falta um descontinho pra fechar? Ah, você pesquisou o cupom e encontrou algo irrisório ou nenhum código funciona. E aí que entram os sites de cashback pra dar aquele estímulo que faltava pra finalizar a compra.

O ecossistema de compras online traz oportunidades únicas de economizar, seja pela pesquisa de preços na palma da mão, seja pela variedade de produtos que, em poucos cliques, podem ser comprados com preços geralmente melhores que nas lojas físicas.

Além de variedade e preço, há dois outros serviços que barateiam o custo dos produtos nos e-commerces: cupons de desconto, como os oferecidos por A vida é feita de Desconto, e dinheiro de volta (cashback), como os oferecidos por Méliuz e Cuponomia.

Em ambos os casos, as empresas que mantém os serviços de cupons ou de cashback ganham uma comissão quando o cliente clica em um link ou usa um código promocional para fazer uma compra online em milhares de lojas parceiras. A ideia dos sites que oferecem dinheiro de volta é dividir essa comissão com o consumidor, enquanto a função dos sites que disponibilizam códigos promocionais é proporcionar descontos agressivos e exclusivos.

É importante ressaltar a compras deve ser feita em um único fluxo e que o uso de cupons não autorizados pode anular o cashback, embora te garanta um desconto diferenciado. A diferença entre site de cupons e site de cashback está aí: enquanto nos cuponeiros você pode usar qualquer cupom e garante desconto na hora, no cashback você espera até 70 dias para receber e, se houver um erro ao rastrear a transação, um cupom indevido, uma extensão maliciosa que muda a indicação de venda (muitas extensões de download de vídeo adoram fazer isso) ou algum clique em e-mail ou comparador de preços entre a visita ao site de cashback e a finalização do pedido, o dinheiro de volta já era.

Agora que você já sabe o que é cashback e como ele funciona, vou falar sobre cinco sites que dão dinheiro nas compras pela internet na minha visão de nove anos como concorrente deles, como consumidor e tendo acompanhado cada empresa desde sua criação.

1. Méliuz

Cansados dos programas de milhares que davam pontos com poucos benefícios, os mineiros Israel Salmen e Ofli Guimarães decidiram sair do mercado financeiro para fundar o Méliuz em 11 de agosto de 2011. Iniciaram com uma sede modesta no vale do silício de Belo Horizonte com a missão de devolver benefícios em dinheiro aos usuários que fizessem compras pela internet e a visão de ser o melhor programa de fidelidade do Brasil, fazendo jus ao significado do nome Méliuz como melhor em latim.

Com o tempo, expandiu para lojas físicas e criou o cartão de crédito do Méliuz em parceria com o Banco Pan, que devolve 0,8% do valor das compras realizadas em qualquer estabelecimento e 1,8% das compras nas mais de 2.400 lojas e aplicativos parceiros através da plataforma. O foco do Méliuz é devolver dinheiro da compra e não exatamente ter muitos cupons.

Usuários cadastrados podem indicar o Méliuz para outras pessoas e, completado o valor mínimo de gasto do novo usuário indicado, recebem um valor em dinheiro pelo aumento da comunidade. Trazendo vários usuários de uma vez, há bônus significativos. Também é possível ativar o Lembrador Méliuz, uma extensão para o Google Chrome que te lembra da possibilidade de ganhar dinheiro de volta ao visitar uma loja parceira.

A ideia deu tão certo que o Méliuz recebeu investimento de Fabrice Grinda e se tornaram empreendedores Endeavor. Esse trânsito com investidores e a experiência com o mercado financeiro culminaram com a oferta pública de ações na B3 em 05 de novembro de 2020. As ações começaram a ser negociadas a R$ 10/ação sob o código CASH3 e, alguns meses depois, as ações já subiram ao patamar de R$ 50, mostrando definitivamente o valor do ramo de cupons e cashback no Brasil.

2. Cuponomia

Se existir um cupom para uma loja online, ele estará no Cuponomia. Com esta visão, em setembro de 2012 Antônio Jorge Miranda e Vinícius Dornela investiram suas economias de R$ 100 mil em uma plataforma própria para criar o que seria o maior site de cupons do Brasil. Com sede inicialmente na Vila Olímpia e, depois, na Chácara Santo Antônio, ambos bairros da zona sul de São Paulo, atualmente tem um QG em São José dos Campos, interior paulista.

O amadurecimento do e-commerce brasileiro fez o Cuponomia experimentar dobrar de tamanho a cada ano, com lojas exclusivas e cupons agressivos que geralmente funcionam.

O Cuponomia aproveitou o sucesso da sua operação no Brasil para abrir sites de cupons na Argentina, Chile, Colômbia e México, este último o segundo mercado de e-commerce na América Latina.

Para fazer frente ao Méliuz, seu principal concorrente, Miranda e Dornela passaram a oferecer pontos que viravam prêmios com o Cuponomia Mais, o primeiro programa de fidelidade da marca e que evoluiu para o atual formato de cashback que o Cuponomia adota atualmente, contando com mais de 2 mil lojas parceiras.

Após o cadastro, os usuários também podem indicar outras pessoas para fazer parte da comunidade e, após cumpridos os objetivos do indicado, recebem um bônus pela indicação. Ao mesmo tempo, há uma extensão para o Google Chrome que te avisa da existência de códigos quando o usuário navega por uma loja parceira.

3. Meu Cupom

O carioca Meu Cupom começou em 2014 como um site de cupons do grupo PW Brands, que também controla a rede de afiliados Indexa, uma das maiores redes de afiliados do Brasil. Entrou na onda do cashback e passou a oferecer dinheiro de volta na tentativa de pegar a crista da onda e oferecer descontos atualizados em tempo real com tecnologia de inteligência artificial.

Atualmente conta com quase 2 mil lojas parceiras e parcerias estratégicas que o tornam um concorrente de respeito, apesar dos percentuais mais modestos de dinheiro de volta. As melhores oportunidades estão nos banners da capa, porém não encontramos extensão para navegador e não é possível ganhar créditos ao indicar novos consumidores para a plataforma.

4. Meu Dim Dim

O paulistano Meu Dim Dim nasceu no final de 2018 com o propósito de devolver dinheiro nas compras virtuais e também surfar na onda do cashback inaugurada pelo Méliuz.

Com percentuais de devolução padrão mais agressivos que a concorrência e campanhas sazonais de bônus eterno para atrair novos usuários, é uma opção interessante a ser usada no comparativo de dinheiro de volta oferecido pelos diversos concorrentes. Também te ajuda a não perder oportunidades ao oferecer uma extensão para o Google Chrome, que te avisa da possibilidade de devolução de dinheiro ao navegar em uma loja que esteja no site.

5. Mooba

O site de cashback Mooba faz parte do grupo Reclame Aqui e surgiu para o mercado no final de 2014. Além de comprar e receber parte do valor do pedido como créditos ao usar os serviços do site, é possível pedir o cartão Mooba com 1% de cashback em todas as suas compras.

Você encontra cerca de 500 lojas parceiras no Mooba, uma aba de ofertas em produtos selecionados e existe uma extensão para o navegador Chrome que te dá acesso rápido a todos os benefícios durante as compras. Infelizmente não é possível indicar usuários mas, com a parceria com o maior site de reclamações do país, visibilidade para o serviço é o que não falta.

6. Ganhe de Volta

A plataforma Ganhe de Volta já nasceu como um site de cashback em meados de 2015. Seus diferenciais são o cashback solidário, onde você pode doar parte do que receberia de volta para causas sociais e ONGs de diversos setores, cashback para empresas, cashback para condomínios e afiliados de cashback, onde sites e blogs de outros segmentos podem oferecer os serviços do Ganhe de Volta e serem remunerados por isso.

Com mais de 1,5 mil lojas parceiras, é outro serviço que combina o uso de alguns cupons com a devolução de parte do valor da compra. Também é possível indicar usuários para a plataforma e ser remunerado, usar extensão de navegador e até cadastrar ONGs para receberem o dinheiro que os usuários doam.

Thiago Rodrigo Alves Carneiro, 41, é graduado em Matemática e em Estatística pelo IME-USP e sócio-proprietário de A vida é feita de Desconto. Com espírito empreendedor, usa sua inspiração para investir e criar negócios sustentáveis usando a tecnologia, a internet e uma pitada de inovação como forma de ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.