Cerveja grátis do UberEats vira indignação nas redes sociais

O UberEats, aplicativo de delivery de alimentos e bebidas da Uber que estreou em dezembro de 2016 em São Paulo, prometeu a distribuição gratuita de 30 mil packs com três cervejas Brahma em parceria com a Ambev nesta quinta (06) das 12 às 16hs nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Bastava ao usuário entrar no aplicativo e fazer o pedido nas lojas identificadas com a promoção durante a sua vigência.

Bastante divulgada pela mídia, a promoção tinha como objetivos divulgar os lançamentos das cervejas Brahma Extra Lager, Brahma Red Lager ou Brahma Weiss nas três cidades atendidas pelo aplicativo e, ao mesmo tempo, comemorar a chegada do serviço nas cidades de Belo Horizonte e Rio de Janeiro em grande estilo.

Durante e após o período da ação promocional, o UberEats esteve nos trending topics de São Paulo e Belo Horizonte no Twitter com mais de 1,6 mil menções à hashtag #UberEats. Dentre as citações ao serviço de delivery, havia alguns poucos usuários exibindo os kits recebidos e a maioria reclamando do cancelamento de pedidos de packs confirmados pelo aplicativo após um longo tempo de espera. Houve também quem teve o pedido supostamente cancelado e, horas depois, recebeu o produto e usou as redes sociais para agradecer.

Segundo a revista Veja, a UberEats prolongou o atendimento até às 19h30min para entregar todo o estoque de cervejas disponível. Embora não tenha realizado o desejo de todos que pediram, a empresa conseguiu repercussão “para o bem e para o mal” com a promoção das cervejas grátis.

Além de falhar na entrega dos packs gratuitos de cerveja, o serviço operou de forma restrita nas novas cidades. No Rio de Janeiro, apenas os bairros de Santa Teresa, Botafogo, Leblon, Ipanema e Barra da Tijuca eram elegíveis ao pedido da cortesia. Já em Belo Horizonte, as regiões da Santa Efigênia, Savassi, Centro, Carlos Prates e Cidade Jardim eram as únicas onde o usuário poderia pedir a entrega do brinde. Por outro lado, na Grande São Paulo haviam várias lojas para distribuir os kits de cerveja e tanto a capital quanto as principais cidades da Região Metropolitana estavam contempladas, em decorrência do maior tempo de atuação na região.

“Todo assunto relacionado à Uber traz significativa expectativa e repercussão, desde uma promoção ou cupom até o enquadramento do serviço em leis municipais a federais. A tentativa de atrelar o brinde de uma marca reconhecida com uma nova cerveja, uma das paixões nacionais, tinha tudo para ser positiva mas, com o excesso de expectativas sem a efetiva entrega do brinde, gera uma frustração que ofusca momentaneamente a marca de delivery no exato momento de captação de novos usuários com o ingresso do serviço em cidades importantes para os negócios da empresa”, analisa Thiago Rodrigo Alves Carneiro, responsável pelo marketplace A vida é feita de Desconto, referência em descontos e promoções para lojas e serviços online.

“Ainda que a primeira experiência não seja exatamente positiva, o UberEats tem mostrado diferenciais como maior perímetro e menor tempo médio de entrega, restaurantes e lanchonetes de marcas reconhecidas e cupons de desconto por indicação de novos usuários que trazem vantagem em relação à concorrência e uma experiência positiva de consumo ao longo do tempo que poderão mudar esta imagem inicial nas novas cidades”, acredita Carneiro, que usa o serviço de delivery da quase todos os dias desde sua chegada à capital paulista e é um dos parceiros de desconto da empresa.

Confira algumas das manifestações encontradas no microblog sobre o assunto.

  • 20
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    20
    Shares

Autor Thiago Rodrigo Alves Carneiro

Thiago Rodrigo Alves Carneiro, 38, é graduado em Matemática e em Estatística pela USP e sócio-proprietário de A vida é feita de Desconto. Com espírito empreendedor, usa sua inspiração para investir e criar negócios sustentáveis usando a tecnologia, a internet e uma pitada de inovação como forma de ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos.

Mais posts por Thiago Rodrigo Alves Carneiro

Join the discussion Um Comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.